Projetos

Associação Ajudar a Amparar

Vimos falar-vos de um senhor de nome Hamilton Borges de Castro Costa, de 42 anos, que mora em Viseu, mas é natural de São Tomé e Príncipe e é o fundador e presidente da Associação Ajudar a Amparar - Os Príncipes de África, constituída oficialmente no final de 2016. Há cerca de 13 anos (em 2006), nas viagens de férias à sua ilha começou por levar 14kg de bens em malas, para oferecer a quem mais precisava. Com o passar dos anos, começou a levar cada vez mais ajudas até que começou a enviar caixotes por navio, para quando fosse novamente de férias pudesse entregar. Sempre o fez sozinho, sem apoios.

Com a descoberta das redes sociais, apercebeu-se que podia comunicar com muitos amigos e conhecidos e, dessa forma, tentar arranjar os bens que fazem mais falta. Com o crescimento cada vez mais significativo deste projeto e mais pessoas a contribuir começou a tirar algumas fotografias como forma de agradecimento a quem contribuiu, e assim demostrar que os bens chegavam realmente às mãos de quem precisava.

Com isto, surgiu então um novo projeto, o "Bamu Non? EcoTurismo e Voluntariado em São Tomé e Príncipe", onde aliando o voluntariado ao ecoturismo e a muita aventura pequenos grupos de juntam em Portugal rumo a São Tomé para uma aventura inesquecível.

Em 2016 foi o 1º grupo de voluntários, para juntos, fazerem a distribuição dos bens em várias zonas da Ilha e também prestar cuidados médicos básicos às populações mais isoladas.

Em dezembro de 2020 abraçamos este projeto incrível do qual temos muito orgulho em ter dado um pouquinho de nós, mas sem dúvida que recebemos muito mais do que aquilo que deixamos.


 

A todos os interessados ficam os contactos e links para poderem explorar este projeto e as várias formas de poderem apoiar.